Notícias
12
Jul

CONFERÊNCIA DEBATE DIRETRIZES PARA SAÚDE

Avalie este item
(0 votos)

       A Secretaria Municipal de Saúde realizou no dia 07 de julho, no Centro de Convenções da Pemarc, a VIII Conferência Municipal de Saúde de Ibiá, com o tema “Ibiá com mais saúde e desenvolvimento”. A Conferência reuniu 113 participantes entre profissionais de saúde, entidades, instituições e sociedade civil em um espaço democrático de construção de políticas públicas.

      É importante destacar que essa Conferência teve a participação efetiva do Conselho Municipal de Saúde, através do seu Presidente, Pastor Hiram Ferreira da Silva e dos demais Conselheiros.

      A Prefeita de Ibiá, Dra. Marlene Aparecida de Souza Silva na abertura desta conferência reafirmou o seu compromisso de priorizar as ações de saúde no Município e ressaltou que a saúde é uma questão muito séria em sua gestão. Segundo ela é uma honra estar participando deste importante evento, que tem como objetivo discutir, avaliar e propor metas para a saúde no Município.

      A Secretária Municipal de Saúde, Tânia Aparecida Quintino Ferreira fez a abertura oficial da VIII Conferência Municipal de Saúde, falando da relevância deste evento para este setor, bem como, para os usuários do sistema. Agradeceu a Prefeita Dra. Marlene pela confiança depositada em sua pessoa, quando a convidou para assumir a Secretaria de Saúde e também cumprimentou o Superintendente Regional de Saúde, Ivan José da Silva, que tem aberto as portas da Superintendência para as reivindicações do Município.

      A palestra de abertura foi proferida pelo Superintendente Regional de Saúde de Uberaba, Ivan José da Silva, que explanou sobre os blocos da assistência à saúde e a Lei n°141 de 2012. Suas considerações foram apreciadas e elogiadas pelos presentes.

      Na segunda parte da Conferência, os trabalhos foram em grupos, divididos em 05 eixos temáticos sendo: Atenção Primária, Vigilância em Saúde, Assistência Farmacêutica, Atenção Especializada e Gestão da Força de Trabalho e Educação Permanente em Saúde. Após as discussões, na plenária final, foram aprovadas 83 propostas que servirão de embasamento da construção de diretrizes para compor o Plano Municipal de Saúde de 2018/2021.

      As Conferências Municipais de Saúde são realizadas para avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação de políticas para o SUS. Mais que um instrumento legal de participação popular, a Conferência significa o compromisso do gestor público com os necessários avanços do sistema de saúde.

      É neste contexto que a atual Administração 2017/2020 tem pautado sua atuação e seu compromisso com uma saúde para todos e que atenda todas as necessidades da comunidade.

Mais lidas